segunda-feira, junho 22, 2015

Carne de panela



Pensa numa pessoa que estava com vontade de comer carne de panela....aquelas que faz na panela de pressão, com batata, cenoura, vagem e o que mais quiser. Pois essa era eu.

Daí peguei uma receita, só que não tinha todos os ingredientes, então adaptei. Ficou uma delícia!!! Adorei. Vai ficar sendo minha receita de carne de panela de agora em diante.

Ingredientes:
4 cebolas
1 colher de chá de azeite
1 quilo de acém cortado em quadradinhos
2 cubos de caldo de picanha (eu normalmente não gosto de usar esses temperos prontos, mas abri uma excessão)
salsinha
3 cenouras médias
meio quilo de batata bolinha

Preparo:
Numa panela de pressão, corte a cebola em pedaços grandes e refogue com o azeite até a cebola dourar.
Adicione a carne e doure também.
Quando a carne estiver douradinha adicione os dois cubos de caldo de picanha já dissolvidos em um pouco de água quente.
Cubra a carne com água. Só até cobrir a carne, não precisa passar.
Deixe cozinhar por 25 minutos na pressão.
Desligue o fogo, espere a pressão sair e abra a panela. Adicione a cenoura, a batata e o algum outro legume que queira (vagem, por exemplo). Deixe cozinhar por outros 5 minutos na pressão.
E voi là! Está pronta. Simples, fácil, rápido e muito gostosa!


Hamburguer vegetariano de batata e couve



Peguei essa receita de hamburguer vegetariano num grupo do facebook "Receitas Veganas" e resolvi testar.

Olha, ficou bom, é bem fácil de fazer, mas não é muito um hamburguer e eu achei que não cozinha muito por dentro se for muito alto. Aliás, a receita não dizia se era para fritar, assar ou grelhar, então eu fiz um assado e outro grelhado. Só não fiz frito para evitar frituras mesmo.

É gostoso, mata a vontade de montar um lanchão. Mas não é maravilhoso não.

Ingredientes:
4 xícaras de couve- flor cozida
2 xícaras de batata cozida
pimenta (eu não coloquei)
salsinha
cebola
sal
cúrcuma

Preparo:
Mistura todos os ingredientes, amassar tudo com as mãos e d ar forma de hamburguer.
Fritar, assar ou grelhar, como você preferir.
E servir no pão de hamburguer.
Uma saladinha ou uma maionese podem acompanhar.


quinta-feira, junho 11, 2015

Porta Lápis - fiquei com vontade de fazer

Achei essa foto navegando na net algum dia e não lembro onde. Se alguém souber a fonte me avise, por favor.

Fiquei com vontade de fazer esse porta lápis e forrar com tecido pra ficar fofo. Assim que eu fizer eu posto foto.



Bolsinha porta canetinhas

 Me aventurei mais uma vez nas costurinhas. Fiz uma bolsinha porta caneta de quadro branco para arrumar um pouquinho o quarto da minha filha.

Adorei o resultado. Só fiz errada a costura da alça...mas tudo bem, aprendi. :)






quarta-feira, maio 06, 2015

Resolvi fazer um organizador de bolsa

Resolvi aprender a fazer um organizar do bolsa, achei um passo a passo na internet - claro! o que não se acha online?



Foi no site ARTESANATO DA PALELETTI que achei.
Ela explica bem direinho.
Só um dos passos que eu resolvi mudar e acabou não dando muito certo. Cortei a manta acrílica um pouquinho menor que o tecido, pois achei que o excesso de manta na parte superior do organizador dificultou muito a costura. Testei das duas formas, e no final achei que vale a pena deixar a manta do mesmo tamanho do tecido mesmo, pois costurar com o risco da manta não ser pega pela linha foi pior.

Aqui estão minhas fotos.

Você vai precisar de:
Tecido (podem ser dois tecidos, um para a parte de fora ou para o interior do organizador)
Manta acrílica

Medidas:
2 retângulos de 44 x 34 cm de tecido (um para a parte de fora, outra para a parte de dentro)
2 retângulos de 34 x 34 cm de tecido (um para os bolsos de fora, outro para os bolsos de dentro)
1 retângulo de 44 x 34 cm na manta acrílica





















Tapetinho para os cachorros

Resolvi fazer um tapetinho para colocar os potes de comidas dos cachorros. Antes os potinhos ficavam encima de um tapete de banheiro, que não era nada bonitinho, nem decorativo.

Fiquei mais feliz com esse resultado:




segunda-feira, maio 04, 2015

Brownie de banana



Nesse final de semana eu estava buscando uma receita de bolinho bom para o café da manhã e que não fosse muito doce. Coisa muito, muito doce de manhã fica enjoativo, na minha opinião. Eu também queria algo que levasse frutas, pra estimular o consumo de frutas lá em casa.

Daí esbarrei com uma receita parecida com essa, nem lembro onde. Fiz, mudei um pouquinho e gostei. Eu só exagerei no cacau em pó e acabou ficando com um gosto muito forte de cacau, então sugiro colocar colheres rasas na sua preparação, não precisa encher muito a colher não, o cacau em pó já tem um gosto muito forte.


Ingredientes:
- 3 bananas nanicas bem maduras
- 2 ovos
- meio copo de óleo
- 4 colheres de sopa de açúcar mascavo
- um copo e meio de farinha de trigo
- 3 colheres de sopa de cacau em pó peneirado (pode ser colher rasa)


Preparo:
Misturar as bananas, açúcar, ovos e óleo. Adicionar os ingredientes secos, misturar bem.
Pré aquecer o forno com 10 minutos.
Levar em forno médio por 15 minutos.

Ele fica com aparência de brownie, você pode adicionar castanhas ou nozes, se quiser.
Fica baixinho e escuro. Gostoso. Não é muito doce.

sexta-feira, abril 10, 2015

Pão de Milho - Receita do SENAI


Já fiz essa receita algumas vezes, pão de milho com fubá, do livro de receitas Alimente-se Bem do SENAI. Comentei sobre ele AQUI.

Hummm, eu recomendo esse pão, leva 10 minutos para preparar a massa, outras 20 no forno e é ótimo para o café da manhã. Quentinho com margarina então, nem se fala. Com geléia também fica bom. Yammy!

Ingredientes:
1 1/4 de xícara de farinha de trigo
3/4 de xícara de fubá
1/4 de xícará de açúcar
5 colheres de chá de fermento em pó
1 colher de café de sal
1 ovo
2/3 de xícara de leite
1/3 de xícara de óleo

Modo de preparo:
Peneire a farinha, o fubá, o açúcar, o fermento e o sal numa tigela e reserve. Em outra tigela, misture e bate com um garfo o ovo, o leite e o óleo. Despeje o líquido sobre a mistura da farinha, mexendo levemente e deixando as pelotas que se formam. Coloque a massa em uma fôrma de bolo inglês, untada e enfarinhada.
Leve ao forno pré-aquecido até dourar levemente, sem deixar secar.

quinta-feira, abril 09, 2015

Páscoa - reduzir, reutilizar e reciclar




Eu ando numa fase de "reduzir, reutilizar e reciclar". Sabe quando você começa a se preocupar com o padrão de consumo, o lixo que gera, as inutilidades que compra? Pois, estou nessa fase. Sinto necessidade de gerar menos lixo, aproveitar melhor os itens, pensar melhor nos produtos também em função da embalagem que irá para o lixo e principalmente, pensar se precisamos mesmo consumir tanta coisa.

Com essa mentalidade eu acabei desanimando de comprar ovões de páscoa, daqueles com um montão de chocolate e um montão de papel junto. O chocolate não é tão bom assim pra saúde de quem vai ganhar e o papel vai direto para a lata do lixo. Mas eu gosto de comemorar a Páscoa e queria presentear algumas pessoas.

Daí resolvi fazer as lembrancinhas de páscoa desse ano, para minha filha e meu sobrinho com ovinhos de brinquedo, com caretas. Coloquei dentro alguns bombons e brinquedinhos, fora que a própria embalagem é um brinquedo. Eu adorei a ideia!

E para as professoras da escola eu pequei embalagens de castanhas do supermercado, que eu tinha lavadas em casa, enchi de bombons, fiz um laço, um cartão e pronto. Ficou fofo. Espero que elas tenham gostado também.

Ainda não é o meu ideal de redução de consumo, mas é um começo! Fiquei feliz com esse comecinho.

Cookies da Márcia

Poxa, fiz uma receita ensinada por uma amiga e esqueci de tirar fotos!!
Mas como eu não queria perder a receita, vou colocar aqui de qualquer forma! hehehe
Foi a primeira receita de cookies que eu fiz....receita importada...heheheh!!

Os cookies ficaram uma delícia, só não ficaram muuuito bonitos. Mas são de dar água na boca.

Segundo a Márcia (minha amiga), a dica é comer ainda quentinho do forno, eles estarão bem macios. Ou então, se for comer mais tarde, esquentar um pouquinho no microondas, pra conseguir a maciez denovo!!

Uma receita desses rendeu mais de 50 cookies (e haja fome hein!).

Ingredientes:
- 1 e 1/4 copos e farinha de trigo;
- 1 colher de chá de bicarbonato de sódio;
- 1 colher de chá de sal;
- 1 copo de manteiga em temperatura ambiente;
- 3/4 de copo de açúcar branco granulado;
- 3/4 de copo de açúcar mascavo;
- 1 colher de chá de extrato de baunilha;
- 2 ovos grandes;
- 2 copos de chocolate meio amargo cortado em cubinhos pequenos, ou então gotinhas de chocolate;
Opcional: 1 copo de nozes ou amêndoas, ou aveia.

Preparo:
Pré-aqueça o forno em temperatura média.
Em um recipiente médio misture a farinha, o bicarbonato e o sal.
Separadamente, bater na batedeira a manteiga, o açúcar, o açúcar mascavo e a baunilha até que a mistura fique cremosa. Acrescente os ovos, um de cada vez, batendo bem após acrescentar cada um. Gradualmente acrescente também a mistura de farinha. Em seguida, acrescente o chocolate aos poucos.
Faça bolinhas de cerca de 2 cm de diâmetro (o diâmetro depende do tamanho que você vai querer seus cookies, na verdade) e as coloque em um tabuleiro untado com manteiga.
Asse por cerca de 10 minutos ou até que os cookies fiquem dourados (gente, a primeira fornada demora 10 minutos mesmo, as próximos são mais rápidas, porque o forno já vai estar meeega quente! Cuidado para não queimar!).
Após retirar do forno, deixe esfriar por alguns minutos. Coma ainda quentinha e macia!!

Costelinha Assada - da série Testado e Aprovado



Eu preciso aprender a tirar fotos melhores. Normalmente eu cozinho à noite, quando a iluminação não é a melhor. MAS, enquanto as fotos são melhoram, vamos ao que interessa.

Essa costelinha assada é outra receita que eu vi no Panelaterapia e logo quis experimentar. Ficou uma delícia. É muito bom variar e comer alguma coisa com temperinho diferente.

Essa é a receita do jeitinho que está no Panelaterapia:

Temperar 800gr de costelinha com esse tempero:

- 1 colher (sopa) de mostarda (usei a versão com ervas finas, mas pode ser a comum)
- 2 colheres (sopa) de shoyu (molho de soja)
- 2 colheres (sopa) de água
- 1 colher (sopa) de vinagre (qualquer um) ou suco de limão.
- 1 colher (sopa) de mel
- 1 colher (sopa) de óleo ou azeite
- 1 colher (café) de tempero completo industrializado ou caseiro (alho, sal, pimenta)

Forrar uma assadeira com papel manteiga e untar o papel manteiga com margarina. Colocar as costelas nessa forma untada e levar ao forno médio já pré-aquecido. 

A minha ficou 40 minutos no forno e ficou deliciosa.





quarta-feira, fevereiro 11, 2015

Dia de Saladinha com tortilla espanhola

Pensa num prato que ficou gostoso. Mereceu até foto e post.

Simples, bem simples, rápido de fazer e delicioso.



Pimentão
Milho
Ervilha
Tomate cereja
Alface
omelete de.....pode ser do que você quiser!!

Hum, deu água na boca. Quero comer isso de novo.

:)

sexta-feira, janeiro 23, 2015

Lembrancinha de aniversário

Há 20 dias foi aniversário da minha filhota. Aniversário em janeiro, calor, verão, sol à pino. Foi uma delícia.

Eu gosto muito das comemorações, me divirto, dou risada, adoro encontrar as pessoas e acho importante marcar essas etapas lindas da vida. Mas, vou ser sincera, a quantidade de copinhos, pratinhos e forminhas descartáveis que vai para o lixo me incomoda. Isso sem falar dos garfinhos e papéis de decoração.

Comemorar SIM!!
Sujar o planeta NÃO!


Então eu quis fazer uma festa ecológica, com o menor volume de lixo possível.
Aluguei a decoração, usei pratos, copos, jarras e talheres de verdade.
Fiz convite eletrônico e não fiz convite de papel.
E as lembrancinhas não eram nem cheias de açúcar e nem descartáveis também. Foram sabonetes artesanais (feitos por uma artesã linda e talentosa) para os adultos e  porta-lápis de MDF que eu mesma pintei para as crianças, com uma caixinha de giz de cera dentro.

Só com isso o volume de lixo já diminuiu muito! É impressionante. Claro que teve lixo, eu não resisti a colocar bexigas. Mas foi um volume muito menor do que o usual.

A festa ficou linda, eu gostei bastante.

Sabonetinhos artesanais:



Lembrancinhas porta-lápis de madeira:



Decoração:



Lingerie para gestantes e lactantes

Gente, quem disse que lingerie de gestante e lactante tem que ser sem graça?
Ninguém, né!
Também não quis gastar fortunas nisso.
Lembro que quando fui comprar as primeiras peças só achava coisas sem graça, em bege, preto ou marrom claro.

Depois, com o tempo fui encontrando algumas peças mais bonitinhas, mais arrumadinhas, com redas e detalhes.

Achei algumas peças legais nesses lugares aqui:

www.lovesecret.com.br
www.cialactea.com.br
sampa calcinha
www.nuk.com.br
Jogê

quinta-feira, outubro 02, 2014

30 dias sem açúcar

Me interesso muito pelo tema alimentação, gosto de ler sobre, gosto de comer e gosto de entender o papel da comida no nosso corpo.

Dou preferência por alimentos que contribuam para o corpo, mas não sou radical. Racionalmente, não vejo muito sentido em comer açúcar, calorias vazias, sem valor nutricional que ainda envelhecem o corpo. Mas, meu paladar vê mais sentido do que eu em comer o tal pozinho. hehehehe

Sim. Adoro!

Vai dizer que não é bom comer um bolo de cenoura, chocolate, bolo de fubá ou aquele pudim de leite condensado bem geladinho???

Mesmo assim, a cabeça pensa e racionaliza. E eu gosto de fazer experiências. Resolvi então ficar 30 dias sem comer açúcar. Nem açúcar, nem adoçantes (aspartame, sacarose, etc.).

Minha única exceção para não pirar seria um chá mate geladinho com um pouquinho de açúcar por dia, quando quisesse muito.

Comecei dia 01 de outubro. Decidida!!!

Daqui 30 dias eu posto como foi a experiência.

Já postei AQUI um vídeo sobre o impacto do açúcar no nosso cérebro.


 - - - - - - - -

07/maio/2015

Bom, desnecessário dizer que não foi fácil pra mim e eu acabei parando antes dos 30 dias. A verdade é que eu percebi duas coisas, primeiro que muito, muito do que comemos hoje tem açúcar embutido. Pra começar todas as bebidas prontas.

A única bebida sem adição de açúcar é água e os chás de ervas feitos em casa (os chás prontos todos tem uma quantidade muito grande de açúcar). Até os sucos de fruta tem a frutosa....mas tudo bem, para o meu desafio as frutoses estavam liberadas.

A segunda constatação que fiz foi relativa ao tempo, eu passei anos da minha vida comendo açúcar e de repente quis abolir esse ingrediente de uma hora pra outra. E quis mais, quis abolir também farinhas brancas. Não deu certo, então parei e reavaliei esse desafio. Vou fazer uma coisa de cada vez. Primeiro diminui o açúcar ingerido, uma colher de chá por dia está de bom tamanho, no chá ou no mingau de aveia, por exemplo. Segundo, aumentei a ingestão de legumes, verduras e frutas. Esse é o primeiro passo e não coloquei mais meta temporal. A ideia é que a mudança seja permanente.

Mas pra frente será a vez da farinha branca.

Vou atualizando aqui como vai indo.

quarta-feira, setembro 03, 2014

Tapioca para café da manhã - com queijo branco, mel e banana

Goma de tapioca agora é moda em São Paulo. Fácil de achar e de fazer. O que não falta também são opções de recheio.

Eu aderi à moda e deixei meus cafés da manhã mais diversificados.

Essa da foto eu fiz com queijo branco, banana e mel. Ficou deliciosa, recomendo!!!



quarta-feira, agosto 27, 2014

Frutas esquisitas - Mais supermercados, quitandas e vendedores deveriam aproveitar!!

Amei essa iniciativa do Intermarché!
As frutas esquisitas são saborosas, são nutritivas mas não se encaixam no padrão da moda! 
Um basta ao desperdício. 
Um viva às iniciativas de aproveitamento de alimentos.

Vejam o vídeo para entender:



domingo, maio 18, 2014

Do Coelhinho da Páscoa

A Páscoa até já passou, mas eu quero guardar as fotos das lembrancinhas que fiz, então, aqui vem um post nesse meu livrinho virtual.

Nesse ano resolvi fazer os presentes ao invés de simplesmente comprar os ovos. E resolvi fazer tudo com reciclagem.

Fiz bloquinho de anotação, cestinhas de chocolate e lembrancinhas e garrafas de suco de uva viraram porta MMs e balas.









quarta-feira, abril 09, 2014

Quadro com Botões - inspiração no pinterest

Época de Natal e toda aquela movimentação com compra de presentes. A família resolve fazer um amigo secreto para evitarmos o consumismo desenfreado da época. Ótimo!

Pego minha cunhada como amiga-secreta, e começo a "quebrar a cabeça" pensando em algum presente que esteja de acordo com os interesses dela, seja original e ela não consiga comprar sozinha.

Naveguei muuuuuuuuuuuito pelo Pinterest em busca de ideias. Eu definitivamente não queria simplesmente entrar numa loja, comprar qualquer coisa e acabar com o assunto sem pensar. Até que me deparei com várias fotos de quadros feitos com botões, um mais lindo que o outro. 

E a cunhada é fascinada por patch-work. Pensei, EURECA...quer dizer, ACHEI!

Depois a "luta" foi achar vários botões da mesma cor que fossem diferentes entre si, com a ajuda de uma amiga consegui achar um armarinho pequeno e lindo, que tinha todos os botões que eu precisava.

E olhem o quadrinho como ficou. Eu adorei o resultado e espero que a cunhada também tenha gostado.








quarta-feira, março 26, 2014

Variando as papinhas

Fazer combinações novas para as papinhas da  minha filha começou a ficar mais desafiador depois que ela completou um ano. Ela mostrava interesse nítido por algumas raízes, como mandioquinha e cenoura, e não se mostrava la muito entusiasmada com outros sabores, como beterraba ou couve.

Com o tempo passamos a cozinhar mais os sabores preferidos. Mas o ideal e sempre variar, quanto mais variada a alimentação maiores as chances de obtermos todos os diferentes nutrientes necessários.

Então, peguei com a nutricionista do berçário algumas sugestões de misturas, colando um saber preferido com um dos não tao bem aceitos, sempre colando um alimento de cada um dos 5 tipos - grãos, leguminosas, raiz, hortaliça e legume:

1. Arroz, caldo de feijão, batata, tomate, escarola e frango
2. Arroz, caldo de feijão, inhame, brócolis, beterraba, agrião e carne
3. Arroz, caldo de feijão, cará, mandioquinha, abobora, alface e ovo
4. Arroz, caldo de feijão, cenoura, inhame, vagem, acelga e frango
5. Arroz, caldo de feijão, abobora, batata, almeirão e carne
6. Arroz, cenoura, vagem, chuchu, beterraba, acelga e ervilha
7. Arroz, caldo de feijão, batata doce, abobrinha e frango
8. Arroz, caldo de feijão, mandioca, cenoura, couve e carne
9. Arroz, caldo de feijão, abobora, beterraba, escarola e fígado
10. Arroz, chuchu, cenoura, batata doce, agrião e lentilha
11. Arroz, feijão, fígado, acebolado, creme de espinafre
12. Arroz, feijão, frango assado, escarola com milho refogada
13. Arroz, mini-feijoada (carne bovina com feijão preto), farofa de couve
14. Arroz, feijão, almôndegas ao sugo, macarrão parafuso
15. Arroz, feijão, torta de frango com legumes
16. Sopa de fubá com couve e carne
17. Arroz, chuchu, cenoura, mandioquinha e acelga
18. Arroz, feijão e omeletão de espinafre com legumes
19. Canja de galinha
20. Caldo verde

1. Macarrão, abobrinha, mandioquinha, vagem, acelga e soja
2. Macarrão, abobora, ervilha torta, cara, repolho e frango
3. Macarrão, batata doce, chuchu, mandioquinha, repolho e grão de bico
4. Macarrão, cara, cenoura, abobrinha, repolho e grão de bico

Lanches:
1. Polvilho
2. Arroz doce
3. Pão de forma com requeijão
4. Banana assada com canela
5. Pipoca
6. Biscoito de gerglim
7. Vitamina de frutas
8. Muffin salgado de queijo
....

E por aí vai, a ideia continua a mesma com inúmeras combinações, sempre colocando um alimento de cada grupo. As primeiras dez opções, por exemplo, posso variar trocando o arroz por outro cereal, o milho, talvez, ou a cevadinha e assim vou criando cada vez mais opções e o cardápio da pequena aqui fica bem variado!